Ídolos

Há pessoas com certas experiências de vida que refletem características que também gostaríamos de possuir, em especial quando consideramos decisões passadas com as quais não estamos completamente satisfeitos. Assim, no meu caso, não é que procure ativamente desenvolver características similares, já que essas se aplicariam melhor a situações passadas. Em geral, as referências estão voltadas […]

The Next 100 Years: A Forecast for the 21st Century (George Friedman).

  (Finalmente publico notas pessoais e “resenha” para esse livro já lido há algum tempo.) A expectativa do autor com o livro é fornecer princípios gerais para fazer previsões de longo prazo (afinal, aqui estamos falando em um horizonte de até 100 anos!) – isto é, princípios válidos não apenas para questões (geo)políticas. Embora sempre apresentados […]

Why I hate gifts

[Pequena descrição que acabei de ler. Nada particularmente iluminador ou talvez nem tão incomum assim. (Acima do limite no TW e o FB não é mais uma opção.) Sei que há muitas variações e também que vários conseguem criar suas próprias estratégias p…

Não importa quem matou Aaron Swartz

Não me sinto inteiramente confortável para falar de Aaron Swartz – eu não sabia quase nada sobre ele antes de sua morte. Mas por razões diversas eu me vi obcecado por ele tão logo soube (com um atraso de alguns dias) de sua morte. Embora pres…

Sobre as possibilidades da ação política

O meu desapreço pela classe política e descrença generalizada nas possibilidades da ação política na direção da promoção de modificações desejadas e sustentáveis sobre a sociedade já são bem conhecidas. Tal desapreço possivelmente …

A Inclusão Escolar em Belo Horizonte

Como pais de duas crianças autistas matriculadas e (ainda, mas, aparentemente, por pouco tempo) frequentes no ensino infantil da rede pública municipal de Belo Horizonte recebemos da prefeitura, há mais ou menos duas semanas, uma curiosa e bem …

O viés da mídia e o exemplo da Rússia.

Sobre a cobertura jornalística na mídia mainstream, as pessoas em geral parecem tender s seguintes posições: (1) rejeitar a existência de viés na cobertura jornalística, ou (2) reconhecê-la, mas afirmá-la irrelevante na formação da “o…