Vida

É curioso como a minha geração, pessoas hoje na faixa dos 30 a 35 anos, parece ter seguido sem contestações a velha receita “carreira típica, família com poucos filhos”, com os resultados sendo orgulhosamente exibidos como prova de que fomos perfeitamente capazes de seguir os padrões e que portanto somos merecedores de todos os benefícios que a sociedade (às vezes implicitamente) oferece aos que a são leais. Ao menos quanto ao resultado, eu também segui os padrões, ainda que por meio de caminhos incomuns.

Mas me assusta a escassez (se não total ausência) de pessoas que tenham construído um caminho minimamente distinto. Não falo necessariamente de pessoas que não tenham constituído família (ou que tenham construído famílias atípicas), mas, de um modo mais amplo, de pessoas que, na busca da felicidade, tenham tentado entender a si mesmos e que, com base em suas constatações, tenham tentado avaliar vários caminhos diferentes antes de decidir por um deles. Ou, mais do que isso, que tenham assumido o risco da incerteza e que tenham se lançado como um todo em cada um desses caminhos, saindo deles não com um sabor de decepção, mas com o prazer de viver intensamente, prontos para o próximo desafio.

Eu mesmo não fiz isso, mas em um momento bem claro tive consciência da viabilidade do empreendimento; mais do que isso, do quão desejável é essa aventura, do quanto ela pode representar a felicidade em si. De certo modo, nem a estabilidade da vida convencional é desculpa para não começar a reinventar-se desde já. Porém, não digo que esse seja o caminho certo para qualquer um. Mas as pessoas sequer consideram alternativas.

Me assusta que as pessoas continuem pensando tão pouco genuinamente em si mesmas. Pensar em si dentro do espectro de possibilidades socialmente aceitas é limitar demais o seu espaço de busca. E ainda dizem que estamos ficando cada vez mais egoístas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s