Pesos e medidas

Foi concluída após um único dia a recontagem fantasia – de até 5 milhões de votos em papel – promovida pelo Conselho de Guardiães da Revolução Islâmica no Irã, que, ao final, apressou-se para confirmar a reeleição do atual presidente Ahmadinejad.

Daqui, sobre o recente golpe militar em Honduras, a diplomacia brasileira e em especial nosso presidente Lula, adotaram uma postura crítica muito mais rápida e enfática do que aquela exibida nas semanas anteriores quanto à situação no Irã – foi preciso até mesmo que alguém viesse à público minimizar a estranha declaração em que o presidente não lamentou as mortes decorrentes da repressão oficial às manifestações, e, como sempre, acusar a imprensa de dar uma importância muito maior que a necessária (!) ao que Lula fala, e de não compreender seu "estilo todo particular de se expressar". Na oportunidade, a posição diplomática oficial foi a de que o Brasil não iria dizer ao Irã de que modo eles deveriam resolver o problema.

No caso hondurenho, naturalmente recorrer a um golpe militar é algo condenável em si e nesse aspecto a posição brasileira não se distingue muito daquela de muitos outros países na região, incluindo os Estados Unidos. O presidente disse que não pode reconhecer o governo agora capitaneado pelo presidente do Legislativo local e que as relações diplomáticas estarão interrompidas até que o futuro do país volte a ser definido por vias democráticas. No entanto, duvido que haveria qualquer reação brasileira caso o presidente Zelaya efetivamente conseguisse superar os obstáculos legislativos e judiciários para colocar em prática seu projeto de continuidade de poder, mesmo que para isso precisasse contar com a ajuda chavista que já havia pedido, viesse ela do modo mais terrível que possamos imaginar. Por sinal, o presidente venezuelano já fez ameaças militares e até o momento não vi qualquer demonstração de preocupação com esse eventual desfecho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s