Ferramentas que uso (não-otimizado)

Blog: Decidi transferir toda minha atividade de texto para o posterous.com, onde consegui um "domínio" com meu próprio nome (provavelmente como early adopter, assim como aconteceu com o GMail) e para onde posso postar texto, imagens, áudio, vídeo e arquivos em alguns outros formatos via e-mail, com pouca ou nenhum preocupação com formatação dos posts e menos ainda quanto ao template*. Também posso fazer auto-postagem para outros serviços, como o Flickr, Twitter, Tumblr e FaceBook (links para os meus perfis nesses serviços encontram-se abaixo do meu perfil nesta página), com qualquer combinação entre eles, simplesmente escolhendo um endereço de e-mail para onde enviar o conteúdo. Em geral os usuários desse serviço parecem usá-lo preferencialmente para postagens rápidas, às vezes apenas para fotos e vídeos pessoais com descrições rápidas, mas ainda assim tenho tentado incluir textos mais longos e reflexivos, tanto em português quanto em inglês. Com um pouco de trabalho você pode incluir manualmente mais alguns recursos, como social bookmarking links, contagem de assinantes de seu feed (e.g., via Feedburner) e de followers de sua conta no Twitter.

Ferramentas que agregam sua atividade online (e.g., lifestreaming tools): FriendFeed, FaceBook, Popego e Storytlr, cada uma com sua particularidade. Faço rápido destaque somente às duas últimas, menos conhecidas. O Popego, além de agregador, tenta analisar sua atividade online para gerar um conjunto de recomendações baseadas nas supostas preferências que conseguem extrair. Com o Storytlr você pode combinar os itens de seu conteúdo (e.g., fotos) de modo a criar uma estória (um exemplo). Ainda com baixo uso, exceto o Facebook, que acompanho mais do que participo, mais para não perder a ebuliência que tem girado em torno dele. Isso veio em detrimento do ora semi-abandonado Orkut, mantido mais por receio de perder uma série de contatos que aprecio e que não conseguirei convencer a seguir-me no Facebook. Há alguns anos eu adquiro, provavelmente para o meu prejuízo, uma grande aversão aos Instant Messengers, então a assincronicidade das conversações no Twitter me agrada, embora minha participação continue sendo mais como broadcaster. Mesmo seguindo um número relativamente pequeno de usuários, preferi assinar os feeds de 5 ou 6 usuários que mais aprecio, bem como monitorar eventuais @replies via e-mail. Também o tenho usado para news alerts, serviço oferecido gratuitamente via DayLife Labs, que recebo via mensagens diretas e portanto também por e-mail. Ainda não tenho atualizado o Twitter por e-mail (e.g., via posterous.com) e em geral tenho preferido fazê-lo via identi.ca, um serviço de microblogging baseado na plataforma aberta laconi.ca.

Para fazer postagem cruzada de imagens e vídeos em vários serviços uso o pixelpipe, mas ainda não entrei em definitivo no mundo dos vídeos. Para compartilhar o que ando lendo (e pretendo ler), resenhas e recomendações, uso o GoodReads (e não o LibraryThing, que me era primeira opção natural), mais por dois contatos que já o usavam antes.

Já há algum tempo eu aposentei totalmente praticamente todo software não-gratuito de meu PC (mas não necessariamente open-source), e isso inclui o MS Office, substituído pelo Open Office. Mas mesmo este último tem perdido rapidamente espaço para o Google Docs e para outros serviços web que oferecem recursos para manipulação de imagens e construção de apresentações. Há uma pequena lista de serviços que pretendo avaliar em muito breve, e isso inclui o Gyminee e o Google Health, com as possibilidade subjacentes ao último crescendo rapidamente em entusiasmo em mim.

Ao invés de criar um blogroll em meu blog tenho preferido compartilhar itens específicos (i.e., posts) de minhas assinaturas no Google Reader (e.g., via Friendfeed e Facebook). Como (ainda) não tenho um grande número de assinaturas, não senti necessidade de recorrer a serviços de filtragem de feeds como o FeedHub e o PostRank.

"Offline", tenho tentado me habituar com o Evernote, especialmente para o registro de comprovantes de operações bancárias online. Mas ainda sou dos que precisam passar um longo tempo debruçado sobre um pedaço de papel com caneta e lápis, gerando grande quantidade de anotações e material impresso. Calendários, ferramentas para registro e compartilhamento de eventos e organização em geral ainda estão longe de ter algum apelo para mim.

Nota de rodapé:
* Os mantenedores do serviço prometem agregar em breve várias características e funcionalidades, entre elas um catálogo de temas, mas sinceramente pretendo usar o menor número possível, posto que sua versão atual que absolutamente privilegia "content over style" foi o que mais me atraiu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s